CrimeNorte de GoiásPorangatu

Homem tenta entrar com celulares dentro de televisão em presídio

Ele foi preso em flagrante e foi aberto processo administrativo para apurar o ocorrido.

Mais uma vez a percepção aguçada de servidores da Unidade Prisional (UP) de Porangatu, pertencente à 7ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram a entrada de objetos proibidos no local.

Desta vez, eles impediram a entrada de dois aparelhos celulares no presídio na sexta-feira (27). Os eletrônicos estavam escondidos em uma televisão que seria entregue por um homem ao seu irmão que cumpre pena no local por roubo, com base no artigo 157 do Código Penal Brasileiro (CPB).

De acordo com o diretor da UP, Tancredo Alves, insistentemente o custodiado demonstrava interesse em que a televisão fosse entregue na cela. Diante da atitude, os agentes aumentaram o rigor no procedimento de revista.

“Ao realizar a revista minuciosa, os plantonistas perceberam que os parafusos que fecha a TV estavam com marcas de chave, indicando que possivelmente alguém teria aberto. Então eles realizaram os procedimentos operacionais, abrindo o aparelho onde encontrou os aparelhos, concluiu Tancredo.

A direção da UP abriu procedimentos administrativos internos para apurar o ocorrido e, após averiguações, serão aplicadas as devidas sanções penais ao destinatário dos produtos. O visitante junto com os aparelhos foram encaminhados à delegacia de Porangatu para as providências cabíveis.

Tancredo também informou que a interceptação e o auto rigor nos procedimentos ativos na unidade compõem uma série de medidas estabelecida por meio de diretrizes do Governo do Estado em consonância com a Secretaria de Segurança Pública e DGAP, as quais visam garantir maior segurança em ambientes prisionais goianos.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar