CrimeNorte de Goiás

Polícia militar prende assaltantes na BR 153

A PM conseguiu recuperar um caminhão com prancha e uma escavadeira roubados e veículos utilizados no assalto.

Policiais militares de Goiás e do Tocantins com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiram prender na tarde desta terça-feira (22) três assaltantes que roubaram um caminhão com prancha, modelo Scania, que transportava uma escavadeira, na BR 153, no norte de Goiás.

Foram presos Michael Loan do Carmo Dias, Jeam Carlos Pereira da Silva e Rui Milton Patrício da Silva. De acordo com os militares, Rui é ex-vereador de Santa Tereza de Goiás e líder da quadrilha. “Foi ele que encomendou o assalto. Há três dias os três estavam na rodovia a procura de uma retroescavadeira” explicou o major Evando Polidorio, comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar de Porangatu.

O roubo ocorreu no domingo (20), há aproximadamente 10 quilômetros de Porangatu. Dois dos detidos foram presos em Goiás e um no Estado do Tocantins. O caminhoneiro foi perseguido pelos criminosos até o momento em que ele parou para verificar a mangueira do caminhão, instante em que os assaltantes anunciaram o assalto com um revolver de calibre 38 e fizeram o motorista refém, sendo liberado no período noturno pelos criminosos.

Após intensas buscas pela região os policiais conseguiram localizar o caminhão no distrito de Mata Azul, pertencente ao município de Montividiu Norte, em Goiás. A prancha e a máquina retroescavadeira, roubadas junto com o veículo, foram recuperadas em uma chácara, próximo a Gurupi, no Tocantins. Os equipamentos que iria ser revendidos no Maranhão foram avaliados em R$ 400 mil.

Os policiais ainda conseguiram apreender uma camionete L200 e um veículo Gol utilizados na ação criminosa. Os assaltantes disseram que a arma do crime estaria em Goiânia com um comparsa. Os detidos foram encaminhados para Unidade Prisional de Porangatu. A polícia civil tem dez dias para concluir as investigações do caso.

Rui tem passagens por receptação, associação criminosa e estelionato, inclusive morava com Jean. Este, por sua vez, possui registros criminais por apropriação indébita, receptação, furto de carga, posse irregular de arma de fogo, uso de documento falso. Michel já foi preso por receptação e associação criminosa.

 

 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar