DestaqueNorte de GoiásPolíciaPorangatu
Tendência

Reeducandos de Porangatu realizam limpeza da orla da lagoa

Na manha da ultima sexta-feira, a direção da unidade prisional regional de Porangatu, através do projeto "plantando a liberdade", além de contribuir para com o município, ações como essas permitem a ressocialização dos reeducandos a sociedade.

Na manha desta sexta-feira (15/10), a Direção da Unidade Prisional Regional de Porangatu (Polícia Penal-GO), através do Projeto “Plantando a Liberdade”, realizaram a limpeza da orla da lagoa grande, que é o cartão postal da cidade de Porangatu. Esse projeto visa a ressocialização dos presidiários do município.

A Unidade Prisional Regional de Porangatu têm hoje 170 presos e 21 deles trabalham na horta e também nas obras de reforma e ampliação da Unidade Prisional.

Após o vendaval que a cidade vivenciou no dia 08/10, 06 desses reeducandos foram conduzidos 7 dias depois   para auxiliar na limpeza na orla da lagoa, uma vez que esse fenômeno natural arrancou árvores causando grande estragos e trazendo sujeiras ao redor do cartão postal de Porangatu, que é um dos principais espaço de lazer dos cidadãos porangatuenses.

O Diretor informou que além desses reeducandos estarem contribuindo para a limpeza da cidade estão sendo de alguma forma ressocializados de acordo com a LEP ( Lei de Execução penal).  A cada três dias trabalhados eles recebem a remissão de um dia da pena.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo