Crime

Suspeito de matar ex-companheira deve se apresentar a polícia esta tarde

Conforme as investigações, uma das prováveis motivações para o feminicídio seria o ciúme doentio de Roniel com a ex.

A polícia civil de Niquelândia-GO informou ao portal Serra Azul que Roniel Moreira dos Anjos de 39 anos deve se apresentar na tarde de hoje (16) na delegacia de policia civil da cidade.

Roniel é o principal suspeito de matar a ex-companheira Marli Pinto da Silva de 37 anos, morta com um tiro na cabeça. O crime ocorreu na tarde da última sexta-feira (12) no povoado Quebra Linha, há 75 quilômetros de Niquelândia.

No local do crime a Polícia Técnico-Científica recolheu uma cápsula, de uma pistola, que foi usada no crime. A cápsula foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) para análises.

A polícia militar apurou no local que Roniel nunca aceitou o término do relacionamento com Marli, fato esse ocorrido há oito anos. Da união nasceram duas crianças.

Marli foi sepultada na tarde de sábado(13) no cemitério do povoado de Quebra Linhas. Foto: Divulgação.

Uma das prováveis motivações para o feminicídio seria o ciúme doentio de Roniel com a ex. Uma testemunha disse que ela era ameaçada e vigiada por Roniel depois de iniciar um relacionamento com outro homem. Atualmente, o autor é casado com a irmã de Marli, com quem ele tem três filhos.

Depois de cometer o crime, o suspeito teria empreendido fuga pela rodovia BR-414 na direção de Dois Irmãos/Cocalzinho de Goiás, numa caminhonete S-10 de cor preta.

A polícia civil esteve no local do crime e colheu as informações pertinentes e iniciou o inquérito policial. Marli foi sepultada na tarde de sábado (13) no cemitério do povoado de Quebra Linhas.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar