DestaqueNorte de Goiás

TJGO promoveu um juiz como titular para 1º Vara de Porangatu

Além de Porangatu, outras cidades do Estado e da região norte também foram atendidas.

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) realizou, pela primeira vez nesta segunda-feira (22), uma sessão para promoção de magistrados por videoconferência, com transmissão ao vivo pelo Youtube.

Os dezesseis desembargadores participantes da sessão extraordinária avaliaram os critérios de promoção para 25 comarcas intermediárias, conforme os editais números 2648 e  2816. Não houve candidatos para duas comarcas.

Termo de assunção
A Presidência do TJGO informa que os decretos judiciários com a promoção do juiz para a respectiva unidade judiciária serão publicados todos na mesma data, tão logo sejam assinados pelo presidente. Os juízes terão 30 dias para entrar em exercício na nova unidade e, em razão do decreto que adota o teletrabalho como regime preferencial, os juízes não precisarão entrar em exercício presencialmente.

O magistrado promovido deverá entrar em contato com a secretaria da diretoria do foro da sua nova unidade judiciária para a elaboração do termo de assunção, que deverá ser assinado e enviado por e-mail. Vale ressaltar que a antiguidade começa a contar a partir da assunção na comarca.

Confira abaixo a relação para a região norte de Goiás

Promoção por antiguidade
• Porangatu – 1ª Vara (Cível, Criminal e da Infância e da Juventude)
Carlos Eduardo Martins da Cunha (Senador Canedo)

  • Uruaçu – 1ª Vara (Cível, Criminal e da Infância e da Juventude)
    Gabriel Lisboa Silva e Dias Ferreira(Mara Rosa)


Unidades judiciárias para as quais não houve candidato promovido:

• Minaçu – 2ª Vara (Cível, Criminal, das Fazendas Públicas, de Registros Públicos e Ambiental)

  • Porangatu – Juizado Especial Cível e Criminal

Promoção por merecimento
• Minaçu – 1ª Vara (Cível, Criminal e da Infância e da Juventude)
Thúlio Marco Miranda (Senador Canedo)

  • Niquelândia – 2ª Vara (Cível, Criminal, das Fazendas Públicas, de Registros Públicos e Ambiental)
    Thaís Lopes Lanza Monteiro(Formoso)
  • Niquelândia – Juizado Especial Cível e Criminal
    Hugo Souza Silva(Rubiataba)
  • Niquelândia – 1ª Vara (Cível, Criminal e da Infância e da Juventude)
    Mônica Miranda Gomes de Oliveira(Montes Claros de Goiás)

(Adaptação do Texto de: Daniela Becker – Centro de Comunicação Social do TJGO).

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar